Enfeite

sábado, 10 de setembro de 2011

PASSO A PASSO PARA PATENTEAR UM INVENTO

PASSOS PARA PATENTEAR UMA INVENÇÃO :
0º- NÃO CONTAR A SUA IDEIA (OU O QUE VOCÊ SUSPEITA SER UMA IDEIA) PARA NINGUÉM .
1º- TER A IDEIA.
2°- ANOTAR (ESCREVER NA HORA) E/OU FAZER RASCUNHOS O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. (PARA NÃO SE ESQUECER DA IDEIA)
3º- DESENHAR DENTRO DE CERTOS PADRÕES (AUTO CAD) OU SE FOR A MÃO UTILIZAR CANETA PRETA (TRAÇOS FIRMES) QUANTOS DESENHOS FOREM NECESSÁRIOS, MAS PELO MENOS QUATRO (TOPO, FRENTE, PERFIL E EM CORTE).
PARTE 2
4º- DIGITACÃO PADRÃO
Pegar papel branco, liso no padrão A4 de tamanho 210x297mm, colocar na impressora.
Nota (1)- o relatório descritivo, as reivindicações e o resumo devem ser datilografados ou impressos com caracteres de, no mínimo, 2, 1 mm de altura e, no mínimo espaço u e meio sem entrelinhas, em tinta preta, indelével, sendo permitido e, no mínimo espaço um e meio, sem entrelinhas, em tinta preta, indelével, sendo permitido, quando necessário, que as fórmulas químicas e/ou matemáticas sejam manuscritas ou desenhadas. Em todo o processo, excetuando-se os desenhos as linhas (apenas as escritas) são numeradas de 05 em 05, a partir do título, iniciando-se a contagem a cada folha (ver exemplo anexo). Observando-se que essa contagem está fora da margem definida abaixo, que é
4,0 cm
                                                                                  


3,0 cm                                                                                                                   3,0 cm
 lado direito e esquerdo

2 a 3 cm


Nota (2)  as folhas  relativas ao relatório descritivo, as reivindicações, desenhos e resumo deverão ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos no centro da parte superior, entre 1 a 2 cm do limite da folha, preferencialmente indicando o nº total de páginas (de cada uma destas partes) separados por uma barra oblíqua (por exemplo: caso o relatório tivesse 31 páginas, as folhas 2, 12, 31 seriam 2/31- 12/31- 31/31) – ato Normativo 127 item 15.3.3 10b.
Nota (3) – Os números e letras nos desenhos devem ter altura mínima de 3,2 mm.
5º- ONDE ESTÁ VERMELHO APAGUE E DIGITE O SEU INVENTO
6º-                                                             PARTE I
INSERIR CABEÇALHO                 CABEÇALHOPágina1/ 1

PARTEII-REIVINDICAÇÃO
+ OU- 10 LINHAS

 EM OUTRA PÁGINA

CABEÇALHOPágina1/ 1

PARTE III- DESENHOS[1]
UMA FIGURA DE TOPO DO OBJETO (COMO SE O OBJETO ESTIVESSE NO CHÃO E VOCÊ OLHA O OBJETO DE CIMA PARA BAIXO)

UMA FIGURA FRONTAL DO OBJETO (VOCÊ ESTÁ EM PÉ OLHANDO PARA FRENTE E O OBJETO ESTÁ À SUA FRENTE)

UMA FIGURA EM CORTE DO OBJETO (IMAGINE CORTANDO O OBJETO NO MEIO E VOCÊ DESENHA SOMENTE UMA DAS METADES)






[1] Quantos forem necessários

PARTE I- RELATÓRIO DESCRITIVO[1]
(1º) TÍTULO DO TEXTO (+ ou – 2 linhas)

(2º) CAMPO DE UTILIZAÇÃO (+OU- 5 linhas)

(3º) ESTADO DA TÉCNICA (O QUE EXISTE) (+ OU – 10 LINHAS)

(4º) SOLUÇÃO DO PROBLEMA (INVENÇÃO) (+ OU MENOS - 15 LINHAS)

(5º) DESCRIÇÃO DAS FIGURAS (+ OU – 10 LINHAS)

(6º) DESCRIÇÃO DETALHADA DA INVENÇÃO (+ OU – 50 LINHAS)














[1] ESTA ORIENTAÇÃO É PARA MODELO DE UTILIDADE

Fonte: inpi


domingo, 4 de setembro de 2011

SITES DE PESQUISA E INOVAÇÃO e DICIONÁRIO DE PALAVRAS DA ÁREA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, EM LINGUAGEM POPULAR

A
Acessa São Paulo
www.acessasaopaulo.sp.gov.br
Aciagroindustria-coletor de energia solar
http://www.aciagroindustrias.com.br/
Associação Brasileira dos Inventores
http://www.abrip.org.br/
Agência Nacional de Telecomunicações
Associação Brasileira de Ensino à Distância
Associação Brasileira dos Provedores de Acesso, Serviços e Informações da rede Internet.
Associação Nacional dos Usuários de Internet
 www.anui.org.br
Associação Nacional dos Inventores
http://www.ani.com.br/
B
Bridges.org
C
Campanha Megaajuda
www.megaajuda.org.br
Centro de Desenvolvimento da Informação
http://www.cendi.com.br/
Centro de Integração Empresa Escola
www.ciee.org.br
CENEX-Extensão da Ufmg
cenex@mhnjb.ufmg.br
Cidade do Conhecimento
Cidade Escola Aprendiz
Comitê Gestor da Internet no Brasil
Comitê para Democratização da Informática
Consulado da Mulher-Multibrás
Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação
D
Digitando o Futuro
E
EducaRede
E-Voluntários
Escola do Futuro
Escola Virtual
F
Fump-Fundação Universitária Mendes Pimentel
http://www.fump.ufmg.br/
Fundação Biblioteca Nacional/
Ministério da Cultura/
Escritório de Direitos Autorais
http://www.stn.fazenda.gov.br/
Fundação Bradesco
Fundação Telefônica
www.telesp.com.bt/fundacao/
Fundep- Fundação de Ensino e Pesquisa
http://www.fundep.ufmg.br/
GOOGLE PATENTS
  http://www.google.com/patents
I
Ibope
Ibope e Ratings
Instituto /Brasil Digital-Vivo
Instituto /Brasileiro de Geografia e Estatística
www.ibge.gov.br
Instituto Nacional da Propriedade Industrial
http://www.inpi.gov.br/
Instituto Nacional de Tecnologia da Informação
Instituto /Ethos
Instituto Porto Digital
InstitutoStefanini
Instituto Telemar
Intel Computer Clubhouse Network
The Internet Corporation for Assigned Names and Numbers
K
Klicknet.com.br
L
Laboratório Didático Virtual
M
Melhoria Funcional significa que o que você inventou tem que funcionar melhor do que o que já existe.
Microsoft Brasil- Informações Corporativas
Ministério da Ciência e Tecnologia
Ministério da Educação
Ministério das Comunicações
www.mc.gov.br
Ministério da Fazenda
http://www.stn.fazenda.gov.br/
Modelo:Modelo é entendido como a idéia executada com materiais diferentes dos especificados para o produto final. (Fonte: CENDI)
N
Networking Academy-Cisco Systems
P
Philips Responsabilidade Social
Poupatempo- Governo do Estado de São Paulo
www.poupatempo.sp.gov.br
Prefeitura de Belo Horizonte
http://www.pbh.gov.br/
Projeto /Clicar- Estação Ciência da USP
Projeto e- Voluntários da IBM – Brasil
Projeto Metareciclagem
Projeto Telemar Educão
Projeto Internet Sênior-Prodemge
www.prodemge.gov.br/ Internetsenior/
Protótipo:Protótipo é entendido como a idéia executada nos materiais especificados para o produto final podendo ou não estar nas dimensões definidas no projeto (Fonte:CENDI)
R
RedInternacional Solidaria
Rede de Colaboração Solidaria
Rede de Informações para o Terceiro Setor
Rede Nacional de Ensino e Pesquisa
Rede Saci- Solidariedade, Apoio, Comunicação e Informação
S
Sampa.org
Sebrae
http://www.sebrae.com.br/
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Somos@telecentros
Spectaculu
Sua Escola a 2000 por Hora- Instituto Airton Senna
T
Tecnologia da Informação no Desenvolvimento da Internet Avançada
Telecentros-Prefeitura de São Paulo
www.telecentros.sp.gov.br
Transferência de Tecnologia significa pegar o que você inventou e repassar para uma empresa desenvolver e/ou comercializar o que foi inventado.
U
União Internacional de Telecomunicações
www.etu.int
UFMGUniversidade Federal deMinas Gerais
http://www.ufmg.br/
www.ufmg.br/conhecimentoecultura
USPTO
  http://patft.uspto.gov/netahtml/PTO/search-bool.html
V
Viva Rio
Voices InYour Hand- Stanford Reutes Digital Vision
W
Word Web Web Consortium
fonte: oque as empresas podem fazer pela inclusão digital




sábado, 20 de agosto de 2011

Meus autógrafos: Silvio Cerceau(Vitrine Humana); Carlos Mazzei(Inventei e agora?) Maurício Kubrusly(Me leva Brasil) autografado na AML(Academia Mineira Letras)

Autógrafo do escritor Sílvio Cerceau
na Editora Literato
Autógrafo Carlos Mazzei
no Museu das Invenções em São Paulo/SP


Autógrafo Maurício Kubrusly
na Academia Mineira de Letras