Enfeite

terça-feira, 30 de maio de 2017

Sites de ambientes de inovação

Clique em:

seed.mg.gov.br

simi.org.br

fonte: uaitec

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Governo de Minas lança edital da Lei Estadual de Incentivo à Cultura


 

O Governo de Minas lançou nesta segunda-feira (29/5), em Belo Horizonte, o Edital da Lei Estadual de Incentivo à Cultura 2017. Nesta edição, serão concedidos R$ 92,3 milhões em incentivos, o maior valor já registrado em toda a história da lei.

O edital, coordenado pela Secretaria de Cultura, visa viabilizar a realização de projetos culturais por meio de recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura via renúncia fiscal atrelada ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O formato foi construído após consulta pública e diálogo com o Conselho Estadual de Política Cultural. Entre os critérios avaliados nesta edição, estão a democratização e a territorialização, com a destinação de 45% da verba total - R$ 41,5 milhões - a projetos de proponentes do interior.

Cada uma das oito categorias artísticas contempladas pelo edital conta com montante de recursos previamente estabelecido, de forma a garantir uma melhor distribuição dos mesmos a projetos com perfis diferentes, evitando a concentração da verba em propostas similares. Entre as categorias também há novidades: criação artística e novos artistas; circulação de manifestações culturais, oficinas e formação cultural, e eventos com no mínimo três edições.

As inscrições dos interessados começam nesta terça-feira (30/5) e se encerram no dia 30 de setembro. Os projetos inscritos passam por verificação documental realizada pela Secretaria de Cultura. Posteriormente, a análise do critério artístico-cultural será feita pela Comissão Técnica de Análise de Projetos, composta paritariamente por representantes do poder público e sociedade civil. Na etapa seguinte, as propostas selecionadas recebem a Autorização de Captação. Somente após essa etapa os proponentes devem realizar a captação de recursos, bem como providenciar a emissão de sua Declaração de Incentivo.

Em 2016, o edital teve recursos da ordem de R$ 22,5 milhões, com repasse recorde de verba a propostas oriundas de fora da capital mineira – 56% do total, maior percentual desde 1998, ano da primeira edição do mecanismo de fomento.

Mais informações sobre o edital 2017 podem ser obtidas no site da Secretaria de Cultura.
fonte:UEMG

Vll prêmio instituto 3M para estudantes universitários

Universidades são palco de aprendizado e ideias transformadoras. São essas ideias que podem gerar soluções criativas para a construção de uma sociedade mais justa e equilibrada. É por acreditar nisso que o Instituto 3M de Inovação Social, em parceria com a AlfaSol, promove o 7º Prêmio Instituto 3M para Estudantes Universitários. A premiação tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento de tecnologias sociais e convida estudantes a inscreverem projetos inovadores nas áreas de saúde, educação e meio ambiente.
O grande prêmio de R$ 50 mil vai para o projeto que tiver a melhor proposta de transformação social, desde que seja de fácil aplicação e baixo custo.  O valor deverá ser investido na implementação do mesmo, a fim de melhorar as condições de vida de um bairro, cidade ou do país de forma simples e inovadora.
Para participar, é preciso estar matriculado em um curso de graduação de uma Instituição de Ensino Superior (IES) reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).  As inscrições estão abertas e vão até o dia 14 de agosto. Caso seu projeto esteja entre os finalistas, basta ficar de olho no resultado, que será anunciado no site e através do e-mail cadastrado durante a inscrição.
Leia o regulamento e se inscreva. Ideias transformadoras precisam ser descobertas!
fonte:3M

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Plataforma que vai facilitar a inovação será lançada em Minas Gerais

Iniciativa ajuda na identificação dos atores de inovação, facilitando a conexão entre empreendedores, pesquisadores, empresas, instituições e governo


Por Renato Carvalho/SIMIBelo Horizonte
O empenho em difundir o empreendedorismo e a inovação por Minas Gerais fez com que nove instituições se unissem. A Trilha Mineira de Inovação (TMI) é uma iniciativa estratégica que vai auxiliar e facilitar o caminho da inovação no estado.
O projeto é fruto de um esforço em conjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae MG), da Rede Mineira de Inovação (RMI), da Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI), da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) e da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (INDI).
A TMI será hospedada no portal do Sistema Mineiro de Inovação (SIMI) e tem por objetivo facilitar a interação e integração dos atores de inovação no Estado, identificando as fases de pesquisa, tecnologia e inovação. Este processo vai simplificar a busca por parceiros para desenvolvimento de projetos, guiando os processos inovadores pelos melhores caminhos.
Além disso, a Trilha vai orientar o usuário a encontrar a solução mais adequada à sua demanda em um momento específico, conectando-o com as ações dos diversos parceiros (editais, chamadas, consultorias, linhas de financiamento etc). Dessa forma a TMI vai apoiar projetos nos diferentes estágios:
  • Pesquisa Básica
  • Pesquisa aplicada ou tecnologia
  • Ideia de negócio ou protótipo
  • Em produção
  • Mercado
O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa, destaca a iniciativa. “A TMI vem para somar ao nosso já dinâmico ecossistema. É mais uma iniciativa inovadora em Minas Gerais. Nosso papel - como governo e instituições voltadas para o desenvolvimento do estado - é acreditar no ecossistema mineiro e, assim, transformar em políticas públicas e em programas de fomento nossa aposta no empreendedorismo, na tecnologia e na inovação como motores do desenvolvimento do Estado.”
Lançamento da Trilha Mineira da Inovação (TMI)
O lançamento da plataforma será transmitido ao vivo pelo Portal SIMI (www.simi.org.br) no dia 30 de maio, terça-feira, às 10h. 
fonte: SIMI

Curso de criação de Startup

A USP está oferecendo um curso de “Criação de Startups: Como desenvolver negócios inovadores”, através da plataforma gratuita Coursera.
O curso tem como objetivo ensinar os alunos a desenvolver um negócio de base tecnológica contado com a experiência das maiores startups do Brasil como o 99, iFood, Taqtile e muitas outras.
O curso ensinará como validar a sua ideia, como realizar a interação com o usuário e explorar o mercado, além de desenvolver uma operação, realizar captação de investimento e escalar o seu negócio dentro do contexto brasileiro.
O curso conta com aulas teóricas e práticas com fundadores de startups onde eles irão compartilhar suas experiências abordando os seguintes temas:
Comportamento empreendedor, formação de time, análise de mercado, entrevistas e interação com o usuário, modelo de negócios, pitch validação da solução (MVP), marketing, produto, cultura e operação, ecossistema e financiamento.
Ou seja, é um curso bem completo para quem quer ser um empreendedor de sucesso.
O curso é ministrado pelos professores André Leme Fleury e Artur Vilas Boas com carga horária de 4h.
Não perde dessa oportunidade hein!
fonte: canal do ensino

59º Prêmio Jabuti abre inscrições

Livros publicados em primeira edição, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016, poderão ser inscritos no prêmio até 18 de julho de 2017

 
O 59º Prêmio Jabuti, realizado pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), está com as inscrições abertas. O mais tradicional e prestigiado prêmio do livro brasileiro conta com 29 categorias, incluindo as duas novas anunciadas no início do mês: “História em Quadrinhos” e “Livro Brasileiro Publicado no Exterior”. Podem ser inscritas, até o dia 18 de julho, obras publicadas em primeira edição, entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016. As inscrições devem ser feitas pelo http://premiojabuti.com.br/.

Durante o biênio 2017/2018, o prêmio traz Luiz Armando Bagolin como curador. Consagrado acadêmico da Universidade de São Paulo e responsável pela direção da Biblioteca Mário de Andrade entre 2013 e 2016, Bagolin chega para trazer uma visão atual e assumir novos desafios com o Jabuti.

“Histórias em Quadrinhos”, que anteriormente era contemplada por “Adaptação”, passa a ter uma categoria dedicada exclusivamente a ela. Poderão ser premiados livros compostos por histórias originais ou adaptadas, contadas por meio de desenhos sequenciais, definidas pela união de cor, mensagem e imagem. Por conta de sua criação, a categoria “Adaptação” deixa de aceitar histórias em quadrinhos.

“Livro Brasileiro Publicado no Exterior”, categoria apoiada pelo Brazilian Publishers - projeto da Câmara Brasileira do Livro em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), vem para dar visibilidade à produção editorial brasileira que é produzida no exterior. Poderão ser inscritos livros de autor(es) brasileiro(s) nato(s)/naturalizado(s) publicados no exterior em primeira edição no período entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016, em qualquer gênero, ficção ou não ficção.

As 29 categorias contempladas são: Adaptação; Arquitetura, Urbanismo, Artes e Fotografia; Capa; Biografia; Ciências da Natureza, Meio Ambiente e Matemática; Ciências Humanas; Ciências da Saúde; Comunicação; Contos e Crônicas; Didático e Paradidático; Direito; Educação e Pedagogia; Economia, Administração, Negócios, Turismo, Hotelaria e Lazer; Engenharias, Tecnologias e Informática; Gastronomia; História em Quadrinhos; Ilustração; Ilustração de Livro Infantil ou Juvenil; Infantil; Infantil Digital; Juvenil; Livro Brasileiro Publicado no Exterior; Poesia; Projeto Gráfico; Psicologia, Psicanálise e Comportamento; Reportagem e Documentário; Romance; Teoria/Crítica Literária, Dicionários e Gramáticas; e, Tradução.

Confira o regulamento no site:
http://premiojabuti.com.br/wp-content/uploads/2017/05/59-premio-jabuti-regulamento-2017.pdf
fonte:CBL